Desinsetização em UTIs e CTIs dos Hospitais

Desinsetização em UTIs e CTIs dos Hospitais

Sabe-se que as áreas de tratamento intensivo de pacientes em UTIs e CTIs devem, necessariamente, estar isentas de quaisquer fontes de contaminação devido à presença de pacientes debilitados fisicamente tanto pela doença em si como pelo tratamento.

É primordial ter cuidado para que formigas, moscas, mosquitos e baratas não tenham acesso a esses ambientes, já que são veiculadoras de microorganismos resistentes aos principais antimicrobianos utilizados na terapia de pacientes internados.

Por isso, a prevenção é a principal medida a ser tomada em relação ao aparecimento de pragas. A instalação de cortinas de ar e telas de proteção, por exemplo, é essencial para evitar infestações em unidades de tratamento intensivo.

Quanto a periodicidade, o que se deve ter em mente, não é frequência ideal preestabelecida de aplicação e controle, mas sim, a frequência com a qual o profissional de controle de pragas deverá monitorar e avaliar as ocorrências, para então traçar estratégias específicas de controle para cada área.

O trabalho de aplicação deve ser dinâmico e cabe ao profissional técnico responsável pelo controle de pragas determinar o que é melhor para aquele cliente ou estabelecimento.

Na tabela a seguir estão os principais produtos utilizados na desinfecção nas áreas de terapia intensiva e sua classificação de toxicidade ao paciente:

Baixa Toxicidade Alta Toxicidade
Oxidantes Compostos quaternários de amônia
Álcool Fenólicos
Ácidos orgânicos Hipoclorito de sódio
Aldeídos Biguanidas

É importante que os profissionais de saúde e demais funcionários de um hospital saibam reconhecer a presença desses animais no ambiente e os riscos advindos em casos de infestações. Os hospitais devem ter o controle permanente destes, principalmente, através da contratação de empresas especializadas no combate a essas pragas.

Contrate nosso serviço de Dedetização em Hospitais Rio de Janeiro.

Nenhum comentário para "Desinsetização em UTIs e CTIs dos Hospitais"


    Tem algo a dizer?

    Alguns HTMLs são permitidos