Pulgas: pequenas, porém perigosas

Dedetização de Pulgas no Rio de Janeiro

As pulgas são pragas urbanas que infestam o meio ambiente e podem causar reação alérgica e lesões no corpo das pessoas.

Ao sugar o sangue, esses animais estimulam células do organismo a liberar uma substância chamada histamina, que provoca coceira e, se atingir o sangue, espalha-se pelo corpo todo. Mas é possível evitar e tratar os efeitos dessa praga.

Características

Esse inseto gosta de locais com poeira ou grande circulação de pessoas, como ônibus, cinemas e teatros e instala-se geralmente em frestas de assoalhos e costuras de carpetes. Ao todo, uma pulga adulta põe de 25 a 30 ovos por dia. E apenas 5% desses animais no ambiente são adultos – os outros 95% são ovos ou larvas. Além disso, são muito resistentes: consegue sobrevive sem sugar sangue por mais de 200 dias.

De acordo com um especialista em entomologia urbana, as pulgas desenvolvem-se por meio de metamorfose completa, que compreende ovo, larva, pupa e inseto adulto e, por isso, dispõem de vantagens evolutivas que as tornam difíceis de combater.

Uma delas é o desenvolvimento condicionado à oferta de alimento, o que lhes confere grande competitividade biológica. De acordo com o especialista, são insetos com muitas ferramentas que permitem a sobrevivência em épocas hostis até que surja um hospedeiro em potencial. E é ai que mora o perigo: quando se pensa que as pulgas do seu animal acabaram, por exemplo, ocorre um novo surto.

O controle dos focos é bem complexo e requer uma abordagem coordenada. Tentar controlar a praga somente com o uso de antipulgas não é a melhor estratégia.

Curiosidades:

Você sabia que as pulgas conseguem saltar até 1 metro de distância e que elas não conseguem pular no escuro?
E que existe em torno de 3 mil espécies pelo mundo, com exceção da Antártida?
As pulgas também são capazes de consumir 15 vezes o próprio peso em sangue por dia.

Contrate nosso serviço de Dedetização de Pulgas.

Nenhum comentário para "Pulgas: pequenas, porém perigosas"


    Tem algo a dizer?

    Alguns HTMLs são permitidos