Febre amarela: a bola da vez. A prevenção da doença é primordial

Como contratar uma empresa de dedetização no Rio de Janeiro

Várias espécies de mosquitos tem chamado atenção, por servirem como vetores de muitas doenças. que vem se disseminando por todo país, como dengue, Chikungunya e zika. No momento fala-se muito da febre amarela.

A febre amarela é uma doença infecciosa grave causada por arbovírus e transmitida por mosquitos.

Existem duas formas de febre amarela: a silvestre e a urbana. A diferença entre essas duas formas está no mosquito transmissor da doença. A forma silvestre é transmitida pela picada do mosquito Haemagogus que vive nas matas e vegetações à beira dos rios. Ao picar um macaco doente transmite a doença para outro macaco ou para o homem. A febre amarela urbana é transmitida pelo Aedes.

A prevenção da doença é primordial evitando assim a sua disseminação. É importante ficar alerta e ter conhecimento de que esses mosquitos criam-se na água e proliferam-se dentro dos domicílios e suas adjacências. Qualquer recipiente como caixas d’água, latas e pneus contendo água limpa são ambientes ideais para que a fêmea do mosquito ponha seus ovos, de onde nascerão larvas que, após se desenvolverem na água, se tornarão novos mosquitos. Portanto, é necessário evitar o acúmulo de água parada em recipientes destampados.

Tratando-se do mosquito já adulto, em casos ou não de epidemia da doença, devese fazer a aplicação de inseticida através do “fumacê”. Além disso, devem ser tomadas medidas de proteção individual, como a vacinação contra a febre amarela, especialmente para aqueles que moram ou vão viajar para áreas com indícios da doença.

As primeiras manifestações da doença são repentinas: febre alta, calafrios, cansaço, dor de cabeça, dor muscular, náuseas e vômitos por cerca de três dias. A forma mais grave da doença é rara e costuma aparecer após um breve período de bem-estar (até dois dias), quando podem ocorrer insuficiências hepática e renal, icterícia (olhos e pele amarelados), manifestações hemorrágicas e cansaço intenso. Depois de identificar alguns desses sintomas, procure um médico imediatamente. Vale ressaltar que não há nenhum tratamento específico contra a doença. O médico deve tratar os sintomas, como dores no corpo e cabeça, com analgésicos e antitérmicos. É importante saber que Salicilatos devem ser evitados (AAS e Aspirina), já que seu uso pode favorecer o aparecimento de manifestações hemorrágicas.

Importante: Somente um médico é capaz de diagnosticar e tratar corretamente a doença.

Contrate nosso serviço de Dedetização Mosquito Febre Amarela.

Nenhum comentário para "Febre amarela: a bola da vez. A prevenção da doença é primordial"


    Tem algo a dizer?

    Alguns HTMLs são permitidos