Nesse carnaval previna-se dos insetos e outras pragas

Dedetização de Percevejos no Rio de Janeiro

No feriado de Carnaval você pode fazer de tudo: viajar ou ficar em casa, descansar ou cair na folia. Só não pode ficar refém das pragas urbanas.

É fato comprovado que no calor o número de pragas aumenta, pois quando a temperatura passa dos 32° os insetos têm seu metabolismo acelerado, chegando à maturidade sexual precocemente, o que contribui para a reprodução rápida.

E no Carnaval a situação pode ser ainda pior, principalmente em locais que recebem muitos “foliões” e turistas: quanto mais gente pelas ruas, mais lixo é produzido, o que aumenta a oferta de alimento para insetos e pragas urbanas de maneira geral.

Além disso, é preciso estar atento ao local que frequenta. Muitos deles estão sendo autuados pelo Procon, após fiscalização em restaurantes, lanchonetes, bares e quiosques. É importante saber se dedetização e higienização de reservatórios nesses locais que irá frequentar, foram realizadas.

O objetivo da operação, chamada de “Esquentando os Tamborins”, é fiscalizar todos os estabelecimentos que ficam nas rotas dos blocos do carnaval 2017, principalmente na orla carioca.

Além de alimentos vencidos, mal acondicionados ou sem especificações de prazo de validade, os fiscais identificaram as seguintes irregularidades: certificado de dedetização vencido e ausência de livro de reclamações e do certificado de potabilidade da água.

Pragas contaminam os alimentos e ameaçam a saúde de quem trabalha no local e de quem o frequenta. Portanto, sempre observe se os locais que você costuma comer possuem os certificados. A lei existe para proteger a saúde dos funcionários e consumidores.

Muita gente não sabe, mas é obrigatório que todos os estabelecimentos que sirvam alimentos tenham certificados de dedetização e de higienização de reservatório em dia.

Fiquem atentos e boa folia!

Contrate nosso serviço de Dedetização no Rio de Janeiro.

Nenhum comentário para "Nesse carnaval previna-se dos insetos e outras pragas"


    Tem algo a dizer?

    Alguns HTMLs são permitidos